Autocuidado na Menopausa: Você vai Adorar.

February 27, 2021

Comments

Share

O autocuidado durante a menopausa é importante porque as alterações nos hormônios causam vários sintomas, como irritabilidade, insônia e alterações de humor. Nesta fase da vida, o corpo necessita de muita energia para se adaptar à carencia hormonal e e por isso que a mulher se sente sempre cansada. Adiquirir novos hábitos diários di autocuidado e necessários para recarregar.

Se você sempre se sente cansada e não consegue “suprir” energia, veja como começar a praticar o autocuidado para recarregar seu corpo e diminuir os sintomas.

Por que praticar o autocuidado durante a menopausa?

Hoje em dia, as mulheres vivem um estilo de vida intenso. Embora a maioria das mulheres trabalhe em vários setores da indústria, elas continuam a cuidar das tarefas domésticas e dos pais idosos e netos.

Para ter uma ideia uma pesquisa do IBGE “O estudo revelou que, enquanto 89,8% das mulheres realizavam atividades domésticas, esta proporção era de 71,9% entre os homens. Além disso, a média de horas semanais gastas pelo brasileiro nos afazeres domésticos é de 16,7 horas, só que elas ficam cerca de 20,9 horas por semana cuidando da casa, enquanto eles ficam metade, apenas 11,1 horas”.

Na meia-idade precisamos desenvolver o amor próprio porque nosso corpo precisa de um período mais longo para relaxar e se recarregar. Encontrar tempo para o autocuidado é fundamental para melhorar a qualidade de vida e tratar os sintomas da menopausa.

As alterações que ocorrem no corpo da mulher após os 40 anos representam momentos de crise, que significam amadurecimento, ou podem desencadear desajustes e até patologias cardiovasculares, diabete, ostoporosi  e distúrbios do humor, do sono, entre outros.

Se a menopausa é inevitável na meia-idade, o que fazer?

Pesquisa conduzida no Linköping University Hospital, na Suécia. mostrou que 30 minutos de relaxamento e autocuidado durante o dia ajudam a reduzir os sintomas da menopausa. As ondas de calor, melhoram a memória e a concentração e ajudam a dormir melhor.

“O estudo confirma que o relaxamento aplicado pode ajudar as mulheres com problemas da menopausa. Minha esperança é que as mulheres possam receber este tratamento na atenção primária e de provedores de saúde privados”, disse Nedstrand.

Então, por que não dedicar alguns minutos por dia para obter esses benefícios?

O autocuidado como terapia coadjuvante na meia-idade.

A meia-idade é um período que precisa de mais atenção, não só em termos de saúde física devido oas problemas da menopausa, mas também em termos de emoções. O autocuidado é uma ótima estratégia porque vai além de passar alguns minutos conversando com um amiga ou tomar um banho rápido.

Peça permissão a si mesma para começar a praticar o autocuidado todos os dias. Não é fácil no início, mas com o tempo e consistência fará parte da sua rotina e você nunca mais desistirá desse novo estilo de vida.

Não é possível tratar os sintomas da menopausa e a crise existencial da meia- idade apenas com medicamentos. Temos que mudar a forma como vivemos, ser responsáveis pelo nosso bem-estar.

McGonigal, autor de The Joy of Movement. Ele diz: “Todos entendem que o relaxamento e o descanso são importantes”,

Porém, ninguém pensa no autocuidado enquanto tudo parece estar bem. O cuidado pessoal é uma forma de amor próprio. Somos mais cuidadosos com telefones celulares, carro, bolsa … do que conosco.

O que são de autocuidado

 Per Foucault “O autocuidado deve ajudar o homem a curar seus vícios e defeitos, tornando-se uma espécie de ferramenta complementar da arte médica que busca o mesmo objetivo de curar doenças não só físicas, mas também espirituais”.

Cuidar de si mesmo é cuidar de si mesmo por completo através dos hábitos diários. Cuidar de si exige tempo, paciência e autoconhecimento, alcançados por uma escuta atenta e amorosa.

Conhecer-se e fazer as pazes com os próprios limites significa aceitar-se e acolher-se, portanto, com as forças e as fragilidades.

Passar pelo menos 30 minutos por dia cuidando de si mesmo não é egoísmo, significa usar o tempo para suas prioridades. Suas necessidades podem ser concentrar-se em seus objetivos, alinhar sua vida com novos valores, aprender algo novo ou cuidar de si mesmo.

Dicas de autocuidado na menopausa.

O autocuidado também é uma arte que os gregos antigos já levavam muito a sério.

O ser humano não é mente e corpo dissociados, mas corpo, mente e espírito. As estratégias de autocuidado devem incluir a cura da mente, do corpo e da espiritualidade.

Para cuidar de nós mesmos, aqui estão algumas idéias:

Autocuidado com a mente

Estabelecer limites. Tudo tem o seu tempo. Limite é como uma fronteira, é um espaço “privado” que não pode ou não deve ser ultrapassado. Se você deseja iniciar novos hábitos diários, precisa aprender a dizer não e encontrar tempo para a cura de si mesma.

Cerque-se de pessoas que são inspiradoras, que te ajudem a crescer. Você provavelmente já ouviu Jim Rohn citar “Você é a média das cinco pessoas com quem está cercado”. Portanto, é importante escolher bem quem o apóia em sua mente.

Aprenda a meditar. A prática constante leva a uma grande autoconsciência e uma visão mais clara da realidade.

Comece um novo hobby. Um passatempo nos ajuda a focar no aqui e agora. Se realmente amamos o que fazemos, então nos soltamos, não pensamos no que devemos fazer a seguir ou no que aconteceu antes.

Leia pelo menos 10 páginas por dia sobre um tópico que estimula o seu crescimento. Ao ler um livro, é preciso lembrar uma série de personagens, seus bastidores, suas histórias e nuances, pois todos os detalhes se entrelaçam com a trama. Portanto, ajuda a expandir a memória.

Ler ajuda a abrir a mente, a ficar flexível, mais um motivo para reiterar a importância da leitura para as mulheres de meia-idade.

Autocuidado com o corpo

Melhore a qualidade do sono. A carência de estrogênio afeta a produção de serotonina e isso provoca alterações significativas no ritmo sono-vigília e, em geral, em todos os biorritmos regulados pelo cérebro e pelo sistema nervoso.

Além disso, os vários sintomas da menopausa podem causar distúrbios do sono. Por exemplo, quando ondas de calor e suor ocorrem à noite, fica mais difícil voltar a dormir.

Aprenda algumas técnicas de respiração ajudar ansiedade, e o stresse. Respirar é um gesto natural e poderoso que fazemos todos os dias. é como um fio invisível, a respiração une indissoluvelmente mente e corpo e é capaz de influenciar profundamente um ao outro.

Exercício, nutrição, menopausa, segredos para o autocuidado revelados.

Nutrição apropriada. É bom evitar todos os alimentos que são muito ricos em calorias e contêm altos percentuais de gordura saturada.

Com a menopausa, além de combater os sintomas incômodos, como ondas de calor e oscilações de humor, é necessário lidar com alguns quilos extras e a fadiga perene.

  • Portanto…..evite alimentos excessivamente processados ​​(congelados, salsichas, etc.) e alimentos refinados que tendem a ser deficientes em nutrientes e muitas vezes em calorias.
  • Elimine todos os alimentos que, principalmente se consumidos à noite, podem causar ondas de calor, suores noturnos, ansiedade que perturbam nosso sono. Isso inclui alimentos aromatizados com especiarias, especialmente se forem picantes, e bebidas que contenham cafeína, álcool ou açúcar.

Faça aulas de culinária para uma alimentação saudável. Você pode aprender a se alimentar de forma saudável já na idade adulta, sem nunca ter tido nenhum conhecimento prévio em educação nutricional. Existem regras que são mais ou menos válidas para todos, mesmo que todos possam personalizá-las de forma independente de acordo com seus gostos, idade, estilo de vida e saúde em geral.

Exercício fisico. Encontre o seu e faça-o regularmente. Para aliviar os sintomas da menopausa e ganhar saúde, ser dinâmica e dá uma mãozinha. Dedicar algum tempo à atividade física ou ao esporte vai deixar a mulher na menopausa mais bonita e saudável.

Os benefícios da atividade física:

  • Reduz o risco de morte prematura.
  • Modera o risco de desenvolver alguns tipos de câncer.
  • Previne o aparecimento e ajuda a controlar a pressão arterial elevada (hipertensão).
  • Promove a regularização do nível de açúcar no sangue (glicemia), reduzindo assim o risco de desenvolver diabetes tipo 2.
  • Ajuda a diminuir o colesterol ruim (LDL) em benefício do colesterol bom (HDL), reduzindo assim o risco de ataque cardíaco e doenças cardíacas, que aumenta com a menopausa.
  • Previne o aparecimento da osteoporose e ajuda a controlar a doença.
  • Diminui o risco de sobrepeso e obesidade devido à diminuição da função metabólica.

Autocuidado Espiritual

Escreva um diário de gratidão.Quando começamos a entrar na energia da gratidão, aprendemos a deixar de lutar contra o que não temos ou queremos, para nos focar mais em nossos desejos, em nossos objetivos e, portanto, também em nossas prioridades.

Encontre um mentor. Certamente ter um guia, uma pessoa que te encoraje a aceitar as mudanças que ocorrem na meia-idade, te inspire, te aconselhe e te incentive a dar o melhor de voce pode fazer toda a diferença nos anos que virão.

Passe mais tempo na natureza. O contato com a natureza promove relaxamento e calma interior. Além disso, a natureza sempre foi uma fonte de inspiração, não descarta que você possa ter boas ideias ou novas soluções para um problema!

Join Our Newsletter

Categories

Related Posts

Como Ser Mais Resiliente na Meia-idade.

Como Ser Mais Resiliente na Meia-idade.

A meia-idade é um desafio e as pessoas enfrentam vários eventos críticos; tornar-se mais resiliente é essencial para recuperar a vontade de viver. Além disso, a meia-idade pode ser um momento crucial para muitos adultos, caracterizada por preocupações com o presente,...

4 Exercícios para Recuperar a Autoconfiança.

4 Exercícios para Recuperar a Autoconfiança.

A falta de autoconfiança é uma condição comum para muitas pessoas. A crença de não possuir meios intelectuais e físicos é uma condição psicológica desfavorável, que leva o indivíduo a evitar riscos e se alimentar de um círculo vicioso de pensamentos autossabotadores....

Como aceitar o corpo depois dos 40 anos.

Como aceitar o corpo depois dos 40 anos.

Como você se vê? Você aceita seu corpo? Hoje em dia é cada vez mais difícil para uma mulher aceitar o corpo. Vivemos um período histórico e cultural em que reina o culto à beleza padrão. De acordo com essa cultura, devemos seguir o modelo de “beleza” imposto, o que...

0 Comments

0 comentários

Enviar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *