Como aceitar o corpo depois dos 40 anos.

February 12, 2021

Comments

Share

Como você se vê? Você aceita seu corpo?

Hoje em dia é cada vez mais difícil para uma mulher aceitar o corpo. Vivemos um período histórico e cultural em que reina o culto à beleza padrão. De acordo com essa cultura, devemos seguir o modelo de “beleza” imposto, o que nem sempre é possível enquanto tivermos características físicas específicas e muito diferentes entre nós.

Todavia o medo de envelhecer é totalmente fisiológico, as primeiras rugas são percebidas como o medo da mudança física. A não aceitação do corpo não é apenas uma peculiaridade feminina, atinge tanto homens quanto mulheres.

Mas por que é difícil aceitar o envelhecimento do corpo? Como aprender a aceitar as mudanças no corpo e aumentar a autoestima? Continue lendo e você descobrirá ….

Como o corpo da mulher muda depois dos 40 anos.

Após os 40 anos, o corpo da mulher passa por uma transformação. O corpo se prepara para entrar na menopausa e concluir o período fértil.

Esta fase é conhecida como climatério., neste período os primeiros sinais do tempo começam a ser evidentes. A pele fica seca e flácida, o cabelo mais frágil, o metabolismo torna-se lento.

Por que é difícil aceitar o corpo na meia-idade?

A atriz americana Sharon Stone confessou que “Houve um ponto nos meus quarenta anos quando entrei no banheiro com uma garrafa de vinho, tranquei a porta e disse: não sairei até que possa aceitar meu corpo completamente.”

As mulheres que valorizam demasiadamente as características físicas como jovens têm mais dificuldade em aceitar o corpo à medida que envelhecem.

Mas também existem outros motivos, como:

Pressão social

Todas as mudanças que ocorrem na meia-idade causam insegurança social. Algumas mulheres evitam ir a festas, reuniões e à praia porque têm vergonha de seus corpos.

Medo do divórcio

O medo de perder o marido ou companheiro é muito comum. Esse sentimento pode estar relacionado à não aceitação do corpo, mas também aos sintomas físicos e emocionais da menopausa.

Em geral, esses sintomas podem levar a constantes disputas, mal-entendidos e diferenças. Depois de anos morando juntos, pode ser necessário separar-se. O número de casais que se divorciam na meia-idade é sempre maior.

Problemas sexuais

A qualidade da vida sexual diminui devido ao calo da libido, secura vaginal e outros sintomas da menopausa.

Todavia a sensação de vergonha de se despir ao lado do marido ou namorado por não aceitar seu corpo é um problema real para algumas mulheres.

Mais competição no trabalho

Infelizmente, muitas mulheres que trabalham na meia-idade se sentem pressionadas por colegas jovens e atraentes.

Os jovens candidatos têm a vantagem de serem recém-formados e com boa aparência. Além disso, funcionários inexperientes estão dispostos a aceitar condições menos vantajosas para conseguir o emprego e ganhar a experiência necessária para avançar na carreira.

3 crenças que o impedem de aceitar o corpo que você tem.

Segundo a psicoterapeuta Christine Wilding, é difícil aceitar o corpo porque temos falsas crenças que construímos desde a infância. “A imagem corporal negativa é baseada em crenças negativas e não na realidade”. Por exemplo, pensamos que uma mulher bonita tem mais chances de ter sucesso na vida.

A autora lista vários motivos pelos quais construímos uma imagem negativa de nosso corpo. Aqui estão alguns deles:

I) Talvez na infância uma irmã ou prima tenha recebido mais elogios e você, então inconscientemente incorporou a ideia de não ser bonita.

II) Outro motivo é a pressão que os amigos exercem sobre os grupos de pares especialmente durante à adolescência.

III) Ou talvez você tenha sido criado por pais críticos.

Nós internalizamos toda essa baboseiras e não conseguimos aceitar o próprio corpo. Mas agora, na meia-idade, não temos mais tempo a perder.

Aqui estão as dicas para aprender a aceitar o corpo e melhorar a autoestima.

1) Mude suas crenças

Procure evidências de que suas crenças são falsas. Olha em volta; quantas mulheres normais você conhece que são bem-sucedidas, amadas e felizes? Provavelmente quase todas as suas amigas e colegas de trabalho.

  • Que prova você tem de que mulheres “bonitas” são bem-sucedidas?
  • Se ser bonita é sinônimo de sucesso, por que tantas mulheres bonitas são infelizes, separadas ou viciadas?

2) Comece a praticar a gratidão

A gratidão é um sentimento poderoso que o ajuda a reconhecer o que é bom e, neste caso, aceitar o seu corpo.

Faça um diário e escreva três partes de seu corpo pelas quais você é grata. Por exemplo:

  • Eu sou grato pelas minhas pernas secas porque me permitem correr, caminhar, subir e descer escadas, dançar ..
  • Sou grata pelos seios caídos porque alimentaram meus filhos.
  • Agradeço aos muichibas com os braços por carregarem meus filhos, abraçando tantas pessoas que amo e me permitindo fazer centenas de atividades todos os dias.

Este exercício nos faz entender que nosso corpo é maravilhoso, que desempenha tantas funções indispensáveis em nossa vida.

3) Procure se conhecer melhor

O autoconhecimento é essencial para mudar qualquer coisa em nossa vida. A não aceitação do corpo está enraizada em problemas profundos, conhecer as causas e uma forma eficaz de resolver o problema.

4) Descubra seus valores

Quando você sabe quais são seus valores, fica mais fácil identificar o que é realmente importante para você na segunda metade de sua vida.

Você pode se surpreender ao descobrir que não se preocupa mais em seguir esses padrões absurdos, mas vive bem consigo mesmo.

Os valores são os fundamentos éticos e espirituais

Mas você sempre pode melhorar sua aparência física

Em todo caso, gostaria de dizer que aceitar a si mesmo não significa pendurar a chuteira.

É possível retardar o processo de envelhecimento do corpo por meio de exercícios, alimentação adequada e equilíbrio emocional.

A meia-idade é um período delicado de transição, e é preciso cuidar da saúde, do físico e da espiritualidade. A cultura ocidental divide o ser humano em mente e corpo. Porém, como reconheceu a filósofa Frances René Descartes, mente e corpo “se misturam”, ou seja, há uma interação entre corpo e mente. Portanto, muitos problemas de saúde são causados ​​por doenças da alma e vice-versa.

Referências

Independent Olivia Petter, availaible at https://www.independent.co.uk/life-style/women/sharon-stone-body-positivity-lock-bathroom-wine-vogue-germany-a9466001.html (acceded 15 April 2020)

“How to deal with low Self-Esteem” Christine Wilding, 2015, USA, Quercus.

Join Our Newsletter

Categories

Related Posts

Como Ser Mais Resiliente na Meia-idade.

Como Ser Mais Resiliente na Meia-idade.

A meia-idade é um desafio e as pessoas enfrentam vários eventos críticos; tornar-se mais resiliente é essencial para recuperar a vontade de viver. Além disso, a meia-idade pode ser um momento crucial para muitos adultos, caracterizada por preocupações com o presente,...

4 Exercícios para Recuperar a Autoconfiança.

4 Exercícios para Recuperar a Autoconfiança.

A falta de autoconfiança é uma condição comum para muitas pessoas. A crença de não possuir meios intelectuais e físicos é uma condição psicológica desfavorável, que leva o indivíduo a evitar riscos e se alimentar de um círculo vicioso de pensamentos autossabotadores....

Autocuidado na Menopausa: Você vai Adorar.

Autocuidado na Menopausa: Você vai Adorar.

O autocuidado durante a menopausa é importante porque as alterações nos hormônios causam vários sintomas, como irritabilidade, insônia e alterações de humor. Nesta fase da vida, o corpo necessita de muita energia para se adaptar à carencia hormonal e e por isso que a...

0 Comments

0 comentários

Enviar um comentário

Your email address will not be published.