Fadiga na Menopausa, Descubra os Motivos (Você Ficará Surpresa)

April 17, 2021

Comments

Share

Uma vez na menopausa, muitas mulheres parecem sofrer di fadiga crônica, o que afeta a qualidade de vida da mulher. Não é à toa que muitas mulheres começam a se sentir desanimadas com as mudanças que ocorrem nesta fase da vida.

Mas você sabe como vencer a fadiga na menopausa?

Bem, algumas atividades simples podem ser incluídas em seu cotidiano, a fim de reduzir as ondas de calor, estresse, alterações no humor, ossos enfraquecidos, reações lentas, etc.

E saiba que a reposição hormonal não é mais o principal tratamento para este quadro, sendo que outras opções podem ser incorporadas para se obter mais qualidade de vida.

No decorrer deste texto você irá descobrir como ter mais energia durante a menopausa, a fim de conseguir uma vasta gama de benefícios.

Então leia este post até o final e descubra diversas informações sobre este assunto!

A fadiga crônica é um sinal de menopausa?

Sentir fadiga crônica durante o período da menopausa é bastante comum, afinal, o corpo deixa de produzir com abundância diversos hormônios, como o estrogênio, que pode ser o causador de inúmeros sintomas deste período, como: ondas de calor, sudorese noturna, ossos fracos, perda muscular e insônia.

E todos estes sintomas podem fazer com que as mulheres sintam uma grande fadiga a partir do momento em que entram na fase da menopausa.

No entanto, é preciso estar atenta, pois este problema também pode estar relacionado com diversos outros, entre eles anemia, hipotireoidismo, estresse, etc.

A boa notícia é que tudo isso pode ser ajustado, seguindo alguns passos que são relativamente simples. Veja no próximo tópico.

Quais são as  principais causas do cansaço na menopausa?

Sentir fadiga crônica durante o período da menopausa é bastante comum, afinal, o organismo deixa de produzir os principais hormônios femininos e masculinos.

Carência de estrogênios

Os estrogênios influenciam a quantidade de glicose que entra nas células. A glicose é principal fonte de energia das células do nosso corpo, a energia necessária ao desempenho de todas as suas funções.

Quando o estrogênio diminui, as células se tornam resistentes à glicose. Portanto, as células não produzem muita energia, o que resulta em fadiga crônica.

Hipotiroidismo

Il malfuncionamento da tireóide “ocorre quando a glândula tireóide não produz uma quantidade suficiente de hormônios TSH3 e T4. A glândula tireóide torna-se” lenta “e não fornece hormônios suficientes para o funcionamento adequado do metabolismo” .

Os sintomas do hipotireoidismo são muito semelhantes aos da menopausa, por isso são frequentemente subestimados. Os sintomas mais comuns são: palpitações, irritabilidade, alterações de humor e o cansaço.

A única maneira segura de determinar se um paciente tem hipotireoidismo é fazer um exame de sangue para medir os níveis hormonais produzidos pela glândula tireóide (TSH) (T4).

Anemia

A anemia é comum entre as mulheres devido um baixo nível de ferro, zinco etc. no corpo que pode causar anemia, mas também pode ser um fator genético.

“A anemia é uma condição caracterizada pela queda no conteúdo de hemoglobina, o pigmento que dá cor aos glóbulos vermelhos no sangue.…” Veja mais em

Estes são alguns dos sintomas da anemia: olhos amarelos, cansaço, falta de apetite, tonturas, apatia e palidez.

Consulte um médico e faça um exame para obter um diagnóstico preciso. Uma vez verificado, o médico indicará o tratamento, dieta, suplementos, medicamentos ou outros tratamentos mais adequados.

Desidratação

Se você tem se sentido fadiga na menopausa, é mais provável que seja devido ao consumo insuficiente de água. A fadiga, na verdade, é um dos primeiros sintomas da desidratação. Quando há menos água no corpo, a pressão arterial cai e os órgãos não recebem nutrição e oxigênio suficientes.

Carenciência de Vitamina B12

A micro deficiência de vitamina B12 está presente em mulheres e homens. Você pode verificar seus níveis de vitamina B12 com um exame de sangue.

Os sintomas incluem: fadiga crônica, nervosismo e irritabilidade, dor, dormência nas mãos, braços, pés e pernas.

É possível curar a deficiência com uma dieta direcionada e suplementos específicos.

Como acabar com a fadiga na menopausa e ter mais energia?

muitas mulheres sofrem de fadiga na menopausa, mas não sabem se o problema tem solução
eliminar a fadiga na menopausa

Manter uma boa nutrição e realizar exercícios físicos regulares e de qualidade é a chave para que se elimine ou reduza estes sintomas.

No entanto, é preciso que você faça as duas coisas, afinal, se não tiver uma alimentação regrada, não terá ânimo suficiente para cumprir o que programou.

E isso provavelmente irá impedir que você consiga todos os benefícios que a prática de exercícios proporciona à saúde.

Veja a seguir o que se pode fazer para conseguir melhores resultados.

Ter uma alimentação balanceada

Quando ingerimos uma quantidade elevada de carboidratos simples, acabamos por ter um pico de insulina e hormônios, gerando um estímulo rápido, mas resultando em açúcar em excesso no corpo.

E açúcar em excesso pode ser um dos principais responsáveis pelo estresse e insônia, o que resulta em problemas no trabalho e na realização de suas atividades extras.

Outro fator relacionado a isso é também a quantidade de refeições feitas diariamente, sendo que o mais recomendado é não dar um intervalo maior do que quatro horas entre uma e outra.

Pausas muito longas fazem ainda com que o metabolismo diminua, a fim de economizar energia, deixando de cumprir com sua tarefa de maneira eficiente.

Agora no que se refere ao cardápio de suas refeições, este deve conter ao menos um dos seguintes itens:
  • frango, peixe, carne de porco magra ou quaisquer outros tipos de proteínas com baixo nível de gordura,leite desnatado ou derivados, como o iogurte grego, proteínas vegetais, como lentilha ou feijão;
  • gorduras mono ou polissaturadas, como azeite de oliva, abacate, óleo de canola, nozes ou sementes;
  • carboidratos complexos, ricos em fibras como arroz, pão e macarrão integral, quinoa ou amaranto;
  • frutas, verduras e legumes.

Por fim, tenha em mente que porções muito grandes podem fazer efeito contrário, mesmo que seja composta por alimentos saudáveis.

Portanto, tome cuidado com a quantidade que irá ingerir durante cada refeição e não pule nenhuma delas, afinal, todas são fundamentais para a boa nutrição corporal.

Pratique exercícios físicos regulares e com qualidade

Se alimentar bem, com todos os nutrientes que o corpo necessita, faz com que se tenha mais energia para colocar em prática seus exercícios físicos regulares.

E é isso que fará com que haja uma liberação do hormônio chamado endorfina, um dos principais responsáveis pelo aumento da sensação de bem-estar causada pelo cérebro.

A reação química que esse hormônio causa, permite que haja uma grande redução nos níveis de estresse, assim como também um ganho energético.

Mas ao contrário do que muitas pessoas acreditam, não é um exercício de alta intensidade que irá trazer esses bons resultados, mas sim aqueles de média intensidade.

As atividades moderadas permitem que se tenha melhores resultados quanto ao bom humor e obtenção de maiores níveis de energia.

E você pode optar por qualquer exercício que goste, afinal, o importante é suar e movimentar os músculos maiores, como os de pernas e braços.

Algumas alternativas podem ser passeios de bicicleta, dança, corrida/caminhada, na rua ou em esteiras, etc.

Agora, quanto ao tempo de cada sessão, caso você não tenha disponibilidade para realizar 30 minutos em sequência, poderá dividir em várias frações de 10 minutos ao longo do dia.

Isso já será o suficiente para chegar a um melhor nível energético durante o período da menopausa, evitando ainda a redução da massa muscular magra, fortalecendo-a ainda mais e melhorando o fluxo sanguíneo no cérebro.

Neste post você conferiu algumas dicas importantes que lhe ajudarão a entender como ter mais energia na menopausa.

Caso tenha surgido alguma dúvida, não deixe de enviar o seu comentário!

Join Our Newsletter

Categories

Related Posts

5 Sinais Claros de que o Relacionamento Longo Vai Acabar.

5 Sinais Claros de que o Relacionamento Longo Vai Acabar.

Às vezes, ignoramos os sinais de que o relacionamento vai acabar. Embora tenhamos a sensação de que o relacionamento não está indo bem, preferimos permanecer na zona de conforto. Quando o relacionamento termina a primeira coisa que pensamos é - “mas estava tudo bem,...

5 Atitudes que Motiva a Falta de Respeito.

5 Atitudes que Motiva a Falta de Respeito.

A falta de respeito pode surgir de várias formas; pode ser um comportamento direto ou indireto, um insulto ou um sarcasmo. Seja qual for o desrespeito, a aceitação passiva não é a melhor solução, pois pode prejudicar a sua dignidade e autoestima. Respeito é o que se...

As Melhores Máscaras Caseiras para Pele Madura

As Melhores Máscaras Caseiras para Pele Madura

As máscaras facial caseiras é um tratamento de beleza indispensável para pele madura durante o inverno, para manter a pele radiante e hidratada. O tempo é o inimigo por excelência da nossa pele, invisível e imparável. As máscaras são as melhores aliadas da pele...

0 Comments

0 comentários

Enviar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *