Câncer de Mama: Aumentam os Riscos na Meia-idade.

September 26, 2020

Comments

Share

O período de transição na meia-idade e outros fatores podem aumentar os riscos de desenvolver câncer de mama. O câncer de mama é a principal causa de morte entre as mulheres. A idade em que uma mulher entra na menopausa, acima dos 50 anos, está associada a um risco aumentado de câncer de mama. Os resultados de um estudo também confirmaram a associação entre idade avançada na menopausa e incidência de câncer de mama.

À medida em que envelhecemos, os nossos corpos retêm mais toxinas causadoras de câncer do que os nossos fígados aguentam. Tornando-nos mais susceptíveis a estes potenciais catalisadores, os nossos sistemas imunológicos perdem funcionalidade. Depois dos 50 anos, o nível de hormônios protetores em nosso corpo também começa a diminuir.

Além disso, os medicamentos para tratamento de sintomas da menopausa (TSH) e mesmo os isoflavonoides retirados da soja são conhecidos como propriedades cancerígenas. 👉Saiba mais em relacão a reposicão hormonal

Muitos estudos de terapia de reposição hormonal publicados nos últimos 15 anos destacam os riscos potenciais. Consequentemente, algumas mulheres e médicos têm relutado em usar a terapia de reposição hormonal. Mas evidências mais recentes dizem que os riscos da TRH são pequenos e geralmente são superados pelos benefícios”.

Saiba mais sobre a reposição hormonal nesse link👉

Por que as pessoas desenvolvem câncer?

Como as pessoas desenvolvem câncer não é inteiramente conhecido, o câncer é o resultado de uma mudança no DNA que envia informações “incorretas” para as células, que se transformam em células cancerosas.

Esistem vários fatores que contribuem para o desenvolvimento do câncer, alguns são hereditários e não podem ser alterados (idade, genética), enquanto outros podem ser modificados a fim de prevenir.

Ter um fator hereditário não significa necessariamente que você vai desenvolver câncer, há outros fatores que contribuem e podem aumentar ou diminuir as chances de ficar doente.

Tipos mais comuns de câncer  de mama

Câncer de mama continua a ser um dos mais comuns entre as mulheres, com idades entre 40 e 69 anos. Esse tipo de câncer se desenvolve nas glândulas mamárias, as células cancerosas se tornam desproporcionais e podem se espalhar para diferentes partes do corpo. O câncer da mama pode ser classificado de acordo com a área onde está localizado nas condutas ou nos lóbulos. Honestamente, é difícil entender o diagnóstico no início, quando os pacientes podem enfrentar um destes nomes:

  • Carcinoma Ductal in Situ está localizado no ducto galuctóforo, ele pode se espalhar ao longo dos ductos e invadir uma grande parte do peito, ele também pode se tornar invasivo.
  • Carcinoma Lobular in situ, desenvolve-se dentro das glândulas mamárias que produzem leite; muitas vezes ocorre em diferentes áreas de um ou ambos os seios.  O carcinoma lobular pleomórfico in situ leva ao carcinoma, em tais casos é necessário removê-lo cirurgicamente.

Os casos mais graves são representados por cancros invasivos que podem desenvolver-se tanto nos ductos galactóforos que invadem o tecido mamário, como em outras partes do organismo.

O carcinoma Ductal.

  • O carcinoma ductal invasivo ocorre em um duto de leite, ele pode romper as paredes do duto se espalhar no tecido mamário circundante e fora da conduta. Também pode espalhar pelo corpo através do sistema linfatico.
  • Câncer invasivo nos lóbulos, invade o tecido da mama que se espalhou posteriormente para outras partes do corpo. Os sintomas são muitas vezes vagos (alterações no tamanho da mama, o aparecimento de um nódulo ou espessamento da pele, inchaço na axila, etc.). O diagnóstico de carcinoma lobular invasivo também pode ser difícil através de ultrassom.

Tratamentos para câncer de mama

mulher segurando a mão de uma amiga que tem câncer de mama.

Se o carcinoma não é invasivo ou diagnosticado prematuramente pode ser curado através de cirurgia, quimioterapia, radioterapia, terapia hormonal. É crucial para realizar  as verificações através da palpação da mama para identificar nódulos. Veja como autoexaminar-se no video. Para as mulher a partir dos 40 ano que são consideradas a risco se aconselha di fazer mamografia pelo menos a cada 2 anos. Em caso di sospeito comunicar ao médico o mais rapidamente possível, se você notar quaisquer alterações.

Como controlar em casa e diminuir os riscos de câncer de mama

mostrar como se contrala il seno a casa para evitar maiores riscos de câncer de mama

É importante que você conheça perfeitamente as características de seus seios, para que possa notar imediatamente qualquer mudança.

Verifique o seu peito mensalmente, 2 ou 3 dias após o final dos ciclos regulares ao longo da vida.

Comece com a observação cuidadosa do busto na frente do espelho:

  • Verifique quaisquer alterações no tamanho e forma de ambos os seios.
  • Preste atenção às mudanças em um ou ambos os mamilos, a aparência, secreção ou diminuição na direção de apontar.
  • Também para qualquer covinha e nódulos na pele, eczema, espessamento do peito ou em torno da axila e dor constante.
  • Agora levante as mãos e olhe sob o peito para as mesmas mudanças também vermelhidão ou dureza nesta área.

 

O verdadeiro autoexame deve ser feito deitado de costas em uma superfície firme com uma almofada sob os ombros. Aqui está como fazê-lo e o que fazer:

  • Use as pontas dos três dedos médios da mão esquerda para verificar o seio direito (a mão direita para verificar o seio esquerdo). Faça pequenos movimentos circulares girando os seios dos dois lados.
  • Recomenda-se que passe por toda a superfície do peito, também apalpar as axilas, procurando por quaisquer alterações no volume.
  • Procure por qualquer um destes sinais: inchaço na mama, parte superior do tórax ou axila, mudança na cor (a mama pode parecer vermelha ou inflamada), erupção na pele, crostas ou alterações no mamilo e secreção de qualquer um dos mamilos.

Quanto mais cedo o câncer é diagnosticado, maiores serão as chances de sucesso no tratamento. Portanto, é essencial verificar seus seios regularmente e consultar seu médico se notar alguma alteração.

À medida que o risco de câncer de mama aumenta com a idade, todas as mulheres com idades compreendidas entre os 50 e os 70 anos são convidadas para o rastreio do câncer de mama a cada 3 anos.

O que pode causar câncer de mama

Existem muitos fatores que contribuem para aumentar os riscos de câncer de mama: Aqui estão alguns deles:

  • O auto nível de exposição ao estrogénio durante o tempo de vida, tais como menopausa precoce, menopausa tardia, a idade avançada da gravidez, terapia hormonal, sem gravidez.
  • Fatores hereditários; idade, sendo uma mulher ou a mutação genética dos genes BRCA1 ou BRCA2, embora esta mutação aumente a possibilidade não é decisiva, muitas pessoas nunca desenvolvem câncer durante sua vida.
  • Estilo de vida também está entre esses fatores; dieta imprópria, tabagismo, álcool e estilo de vida sedentário ajudam a aumentar o risco de desenvolver qualquer tipo de câncer.

Muitas mulheres que desenvolvem câncer de mama não têm outros fatores de risco conhecidos além de simplesmente serem mulheres. Portanto, ter um ou mais fatores de risco não significa que você terá câncer de mama na meia-idade ou mais tarde.

Join Our Newsletter

Categories

Related Posts

5 Sinais Claros de que o Relacionamento Longo Vai Acabar.

5 Sinais Claros de que o Relacionamento Longo Vai Acabar.

Às vezes, ignoramos os sinais de que o relacionamento vai acabar. Embora tenhamos a sensação de que o relacionamento não está indo bem, preferimos permanecer na zona de conforto. Quando o relacionamento termina a primeira coisa que pensamos é - “mas estava tudo bem,...

5 Atitudes que Motiva a Falta de Respeito.

5 Atitudes que Motiva a Falta de Respeito.

A falta de respeito pode surgir de várias formas; pode ser um comportamento direto ou indireto, um insulto ou um sarcasmo. Seja qual for o desrespeito, a aceitação passiva não é a melhor solução, pois pode prejudicar a sua dignidade e autoestima. Respeito é o que se...

As Melhores Máscaras Caseiras para Pele Madura

As Melhores Máscaras Caseiras para Pele Madura

As máscaras facial caseiras é um tratamento de beleza indispensável para pele madura durante o inverno, para manter a pele radiante e hidratada. O tempo é o inimigo por excelência da nossa pele, invisível e imparável. As máscaras são as melhores aliadas da pele...

0 Comments

0 comentários

Enviar um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *