O que é a Terapia de Reposição Hormonal

September 11, 2020

Comments

Share

Não importa com que nome você chamá-lo – terapia hоrmоnal ou reposicão hormonal. Trata-se de  um tratamento que envolve o uso de еѕtrоgênio e рrоgеѕtеrоna para complementar o declinio desses hоrmônios no corpo feminino durante a menopausa.

Embora a menopausa seja apenas uma das fases da vida, seus sintomas costumam ser inconvenientes  para o estilo de vida, de uma mulher atual, em carreira, por exemplo. Portanto, um número cada vez maior de mulheres fazem a reposicão hormonal para se livrar dos sintomas; como ondas de calor ou fogachos, secura vaginal grave e desconfortos relacionados, dentre outros.

Existem casos em que muitas mulheres, mesmo jovens, fazem reposição hormonal para ajudar a tratar as causas em que os ovários não produzem еѕtrоgênios suficientes de modo natural.

Em outros casos a reposicão hormonal, também pode ser eficaz para diminuir o risco de doenças graves e as debilitantes como a osteoporose.Para evitar os riscos, tanto quanto possível, os médicos sugerem um tratamento contínuo por 10 a 20 anos, ou mesmo por toda vida.

Tipos de tratamentos hormonais

De qualquer forma, existe uma boa maneira de obter estrogênio e  a sua reposição através de óvulos no corpo e existem várias maneiras de introduzi-los no organismo. Você pode tomar pílulas, ou usá-los como spray. Eles também podem ser na forma de adesivos, que liberam hormônios ou você pode toma-los por meio de injeções ou até mesmo implantes subdérmicos que podem ser removidos, quando quiser.

  • Tratamento baseado em estrogênio – Geralmente as mulheres  que tiveram seus úteros removidos fazem a reposição de estrogênios. Esse tipo de tratamento é conhecido como “reposição hormonal de estrogênio. O estrogênio ajuda a manter a densidade óssea, prevenindo a osteoporose e também prevenindo aos sintomas da menopausa.

Existem dois tipos de estrogênios:

  1. Os naturais derivados de plantas e animais, e estrógenos principais já presentes naturalmente nas mulheres antes da menopausa. (Portanto, eles são semelhantes aos hormônios que o corpo humano produz e são metabolizados como os produzidos naturalmente.

2. Os estrogênios sintéticos são obtidos por manipulação em laboratórios e possuem uma estrutura química diferente (etinilestradiol). Como resultado, eles são absorvidos e metabolizados de maneira diferente dos naturais, por esse motivo, podem causar alguns efeitos colaterais. Tais como; retenção de líquidos ou inchaço, náusea, mudanças nos níveis de colesterol, aumento do risco de câncer na mama entre outros.

Como usar estrogênio na terapia de reposição hormonal?

Reposição Hormonal
  • Estrogênio pode ser administrado através de pílulas. É a maneira mais comum de tomar estrogênio, mas passa pelo fígado e pode causar efeitos colaterais.
  • Os adesivos têm a vantagem de que os hormônios são absorvidos diretamente pela corrente sanguínea sem entrar em contato com o fígado.
  • Os géis a serem aplicados sobre a pele são usados ​​diariamente, sobre a pele seca.
  • Um anel vaginal alivia problemas vaginais e é absorvido diretamente pela corrente sanguínea.

Terapia combinada com estrogênio e progesterona

Isso é eficaz para o tratamento de sintomas climatéricos. Este é um tratamento contínuo, sem limites de tempo; se decidir parar, as mulheres podem fazê-lo imediatamente ou gradualmente, e muitas mulheres o fazem somente após cessarem os sintomas da menopausa.

Existem muitas discussões sobre os efeitos colaterais das reposições hormonais. Diferentes tipos de pesquisa foram realizados, infelizmente, os resultados não fornecem uma resposta certa sobre os  efeitos mais temidos; o câncer de mama.

O tratamento com testosterona

Está disponível no Brasil sobre orientação médica. Pode ser Administrado por via oral, injeção ou implante. No Reino Unido, na forma de um gel, também conhecido como Tostogell. A testosterona faz o mesmo efeito em mulheres e homens: aumento dos níveis de energia, fadiga reduzida e aumento do desejo sexual. Por outro lado, pode causar alguns efeitos colaterais, como perda de cabelo, acne, excesso de pêlos faciais, voz mais profunda e clitóris aumentado.

Quem pode fazer a reposição hormonal ?

Existem muitas mulheres que entram na menopausa antes dos quarenta. Isso pode acontecer naturalmente e às vezes, é o resultado de cirurgias para remoção dos ovários. Em  alguns casos pode ver efeito da radioterapia ou quimioterapia que levam a menopausa antes do tempo  “normal”. Geralmente, nesses casos, a reposição hormonal torna-se particularmente essencial para controlar os efeitos de uma queda significativa no estrogênio (Para saber mais clica aqui).

A menopausa é uma fase natural da vida, mas não é tão fácil assim lidar com os sintomas. Portanto, mais mulheres americanas fazem a reposição hormonal. Mas fazer uma consideração e tomar a decisão final não é o mesmo e, portanto, existe um dilema indescritível entre o pensamento e a decisão final.

A maioria das mulheres balança entre a pergunta: fazer ou não fazer?

Certamente não podemos  responsabilizar as mulheres pela indecisão nesse delicado momento, enquanto, apenas você consegue informar-se sobre o assunto e novas informações aparecem  com muitas contradições.

Confesso que sinceramente é muito dificil de encontrar dados cientificos que possam dar uma certeza sobre a reposição hormonal.

Então, antes de tomar a decisão, você deve pesar bastante os prós e os contras. Para mais informações clica aqui.

Quem deve evitar a terapia de reposicão hormonal?

No entanto, existem alguns mulheres que não podem ser consideradas “aptas” para fazer o tratamento terapêutico a base de hormônios. Incluem-se as mulheres diagnosticadas com câncer no seio ou consideradas a em alto risco, problemas no fígado; hepatite, cirrose hepática, dentre outras.

Qualquer decisão sobre o uso do hormônio deve ser feita após uma discussão completa com o médico, que decidirá depois de considerar uma dessas situações, com o histórico médico e os sintomas atuais.

Benefícios da terapia hormonal na menopausa

A Reposição hormonal é apenas uma entre as diferentes opções disponíveis para o tratamento dos sintomas da menopausa. Por outro lado, muitas mulheres podem obter alivio para  os sintomas da menopausa, que podem ser extremamente difíceis de serem evitados,  através da reposição hormonal.

Geralmente, existem dois tipos de hormônios mais comuns, entre os quais, o estrogênio e a progesterona. O corpo feminino produz esses dois hormônios em abundância antes de entrar na menopausa. Na fase da pré-menopausa o corpo dimiui a produção de hormônios até a completa redução na menopausa. Por essa razão, os sintomas da menopausa são tão evidentes.

Hоrmônio tеrарia para mulheres tem o objetivo de restaurar os níveis naturais desses hоrmônios (estrogênio e progesterona) no corpo,  para  еlіmіnаr os sintomas da mеnораuѕa, que іnсlui calores, sudorese noturna, іnѕônіа, mudanças repentinas de humor, etc.  A HRT também melhora a saúde e bem-estar, além disso, diminui o risco de infeção vaginais.

Os estrogênios influenciam em como o corpo usa o cálcio, que é usado para restaurar e crescer ossos. Também ajuda a manter normais os níveis de colesterol no corpo. Com a reposição hormonal, se é evidenciado em uma diminuição de casos, os riscos de osteoporose, dor nas articulações e problemas cardiovasculares.

No entanto, existem alguns efeitos colaterais comuns da terapia hormonal, como; inchaço, sensibilidade da mama, dores de cabeça, alterações de humor, náusea, sangramento vaginal e estão listados entre um dos fatores que podem causar câncer de mama.

Então, quem pode fazer a reposição hormonal?

Aquelas que sofrem de modo severo com os sintomas da menopausa,  são as mulheres que podem ser qualificadas para a reposição hormonal.  Embora seja comum durante a menopausa, comumente entre os 42 e 58 anos, também pode ser é recomendado para as mulheres com 30 anos de idade. Porque é nesse estágio em que as mulheres e os homens começam a perder mais dos seus hormônios de crescimento humano ou HGH, o que ajuda a regenerar os tecidos do corpo.

Para determinar se é necessário que o paciente receba reposição hormonal, precisa-se fazer uma investigação sobre a sua situação de saúde geral, para avaliar se é  relevante ou não obter o tratamento. A duração e intervalo de tempo também dependerão do que for apropriado, por isso um acompanhamento  médico pode ajudar a  esclarecer e monitorar as condições. Os médicos são capazes de identificar sintomas diferentes e podem começar imediatamente por aumentar ou diminuir os níveis de dosagem.

Hoje em dia, as mulheres não precisamos mais sofrer com os sintomas da menopausa, graças a terapia hormonal. Esta terapia  já foi útil em muitos casos, e continua a ser estudada por diversos cientistas que buscam respostas e melhoramentos para esse tipo de tratamento.

Leia também como as ervas contêm várias formas de fitoestrogênios e outros constituintes que ajudam nosso corpo a transformar esses fitoestrogênios, para que possamos usá-los com segurança no tratamento dos sintomas da menopausa.

Referências

  1. My  menopause doctor, “Hormone Replacement Therapy (HRT)”, available at https://www.menopausedoctor.co.uk/menopause/topics/hrt (acceded 01 June 20202)
  2. HNS  “Hormone replacement therapy (HRT)” available at  https://www.nhs.uk/conditions/hormone-replacement-therapy-hrt/ (acceded 02 June 2020)
  3. Fondazione Veronesi  “Menopausa: perchè le donne non devono temere la terapia ormonale” vailable at https://www.fondazioneveronesi.it/magazine/articoli/ginecologia/perche-le-donne-non-devono-temere-la-terapia-ormonale (acceded 02 June 2020).
  4.  PDF doc. “Guide to Estrogen Replacement”  written by Dr Friedman’s, available at http://www.goodhormonehealth.com/estrogen.PDF, (acceded 13 June 20202)
  5. Stanczyk FZ, Archer DF, Bhavnani BR. Ethinyl estradiol and 17β-estradiol in combined oral contraceptives: pharmacokinetics, pharmacodynamics and risk assessment. Contraception. 2013 Jun;87(6):706-27.
  6. Sitruk-Ware R. Progestins in hormone replacement therapy and prevention of endometrial disease. In: Sitruk-Ware R., Mishell DR, Jr, Eds. Progestins and antiprogestins in clinical practice. New York, NY: Marcell Dekker, 2000: 269-277.
  7. https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302014000200172

Photo

Join Our Newsletter

Categories

Related Posts

5 Sinais Claros de que o Relacionamento Longo Vai Acabar.

5 Sinais Claros de que o Relacionamento Longo Vai Acabar.

Às vezes, ignoramos os sinais de que o relacionamento vai acabar. Embora tenhamos a sensação de que o relacionamento não está indo bem, preferimos permanecer na zona de conforto. Quando o relacionamento termina a primeira coisa que pensamos é - “mas estava tudo bem,...

5 Atitudes que Motiva a Falta de Respeito.

5 Atitudes que Motiva a Falta de Respeito.

A falta de respeito pode surgir de várias formas; pode ser um comportamento direto ou indireto, um insulto ou um sarcasmo. Seja qual for o desrespeito, a aceitação passiva não é a melhor solução, pois pode prejudicar a sua dignidade e autoestima. Respeito é o que se...

As Melhores Máscaras Caseiras para Pele Madura

As Melhores Máscaras Caseiras para Pele Madura

As máscaras facial caseiras é um tratamento de beleza indispensável para pele madura durante o inverno, para manter a pele radiante e hidratada. O tempo é o inimigo por excelência da nossa pele, invisível e imparável. As máscaras são as melhores aliadas da pele...

0 Comments

0 comentários

Enviar um comentário

Your email address will not be published.